Bem-estar urbano em Belém: extensa periferia precária

Bem-estar urbano em Belém: extensa periferia precária

A Região Metropolitana de Belém pode ser caracterizada como uma extensa periferia precária, com agudas carências de infraestrutura e serviços urbanos. Esta análise do “Índice de Bem-estar Urbano – IBEU Local” mostra que a RMB apresentou o maior percentual dentre todas as regiões metropolitanas do país quanto à presença de domicílios em aglomerados subnormais: em torno de 54% do total de domicílios (IBGE/2010). Ademais, a RMB possui o município metropolitano brasileiro com o maior percentual de domicílios situados em aglomerados subnormais: Marituba, município de 100.000 habitantes, com 77% dos domicílios em situação subnormal.

Clique aqui para baixar o PDF